Colocasia Gigantea

COD: FMC0116

R$ 18,00
Loading...

ATENÇÃO: Nossos produtos são enviados em até 15 dias após a compra!

# Descrição do produto


Colocasia é um gênero de plantas com flores da família Araceae, nativa do sudeste da Ásia e do subcontinente indiano . Algumas espécies são amplamente cultivadas e naturalizadas em outras regiões tropicais e subtropicais.

Nomes comuns incluem tarul, karkala ko ganu, orelha de elefante, inhame, cocoyam, dasheen, chembu, chamadhumpa / chamagadda em telugu, shavige gadde e eddoe . Orelha de elefante e cocoyam também são usados para alguns outros gêneros de folhas grandes no Araceae, nomeadamente Xanthosoma e Caladium . O nome genérico é derivado da antiga palavra grega kolokasion, que no botânico grego Dioscórides (século I dC) significava as raízes comestíveis de Colocasia esculenta e Nelumbo nucifera . Acredita-se que as raízes comestíveis da Colocasia esculenta tenham sido cultivadas na Ásia há mais de dez mil anos. A espécie Colocasia esculenta é uma espécie invasora em zonas úmidas ao longo da costa do Golfo americano, onde ameaça deslocar plantas nativas de áreas úmidas.

São plantas perenes herbáceas com um grande cormo sobre ou logo abaixo da superfície do solo. As folhas são grandes a muito grandes, 20 a 150 cm de comprimento, com formato sagital . A planta de orelha de elefante recebe o nome das folhas, que têm a forma de um grande ouvido ou escudo. A planta se reproduz principalmente por meio de rizomas (tubérculos, bulbos). Como outros membros da família, a planta contém uma substancia irritante que causa intenso desconforto aos lábios, boca e garganta. Esta acidez é causada em parte por partículas microscópicas de oxalato de cálcio e em parte por outro químico, provavelmente uma protease. O gosto acre ajuda a impedir os herbívoros de comê-lo. Para consumo deve ser processado cozinhando, embebendo ou fermentando - às vezes junto com um ácido (lima ou tamarindo) - antes de ser comido.

CULTIVO

C. esculenta e outros membros do gênero são cultivados como plantas ornamentais, ou para os produção de seus cormos comestíveis, sendo uma fonte tradicional de amido em muitas áreas tropicais.

A planta pode ser cultivada no solo ou vasos grandes. Podem ser cultivados em jardins pelo ano todo em áreas subtropicais e tropicais. Em regiões temperadas, elas são plantadas para o verão e desenterradas e armazenadas durante o inverno, secas e com ventilação para evitar infecções fúngicas. Elas podem ser cultivados em quase qualquer zona de temperatura, desde que com verões quentes. O crescimento é melhor em temperaturas entre 20 e 30° C. As plantas podem ser danificadas se as temperaturas caírem abaixo de 10° C por mais de alguns dias.

O tubérculo da raiz é plantado tipicamente perto da superfície. Os primeiros sinais de crescimento aparecerão em 1 a 3 semanas. A planta adulta precisará de, no mínimo, 1 m2 de espaço para um bom crescimento. Eles se saem melhor em solo rico em compostos orgânicos e na sombra, mas crescem razoavelmente bem em solo médio desde que seja retentor de umidade. As plantas não devem ficar secas por muito tempo; se isso acontecer, as folhas murcharão; a rega permitirá que a planta se recupere se for feita antes de ficar muito seca. A fertilização periódica (a cada 3 a 4 semanas) com um fertilizante de plantas comum aumentará os rendimentos.

FONTE: edição de texto traduzido original da Wikipédia americana

ATENÇÃO: Nossos produtos são enviados em até 15 dias após a compra!

Crie sua loja online com a Confere Logo