Lírio Tocha ou Tritoma - Kniphofia uvaria

COD: FMC0243

R$ 14,00
Loading...

ATENÇÃO: Nossos produtos são enviados em até 15 dias após a compra!

# Descrição do produto


A tritoma ou lírio-tocha, como também é conhecido, faz parte da família Asphodelaceae.

Como toda espécie de planta, ela também tem o seu clima preferido. No caso da tritoma  ela pode se adaptar bem a 5 climas, que são eles: oceânico, mediterrâneo, tropical, temperado e subtropical. Sendo assim, dá para saber que é uma planta que pode ser perfeitamente cultivada em solo brasileiro com grandes chances de sucesso, graças ao clima.

A planta tem origem na África e da África do Sul, e deve ser por esse motivo, levando-se em consideração o clima desses lugares é que a tritonia ama o sol pleno, mas também fica bem quando tem meia sombra.

Sobre a medida da sua altura, fica entre 0.6 e 0.9 metros e possui um ciclo de vida classificado como perene.

Ser uma planta perene significa que a espécie tem um ciclo de vida que supera os dois anos, considerado longo.

Se você observar uma tritonia não terá nenhum dificuldade em entender porque ela é classificada como uma “planta de aspecto exótico”. Essa herbácea tem a entouceirada que dá a ela esse tipo de aspecto.

Suas folhas, que são bem verdes, possuem um “acabamento” que merece destaque. As margens das folhas, são longas,  serrilhadas e mais afiladas e glabras.

Apesar da particularidade da forma exótica da planta e também das suas folhas particularmente belas, o que realmente atrai a atenção para esse tipo de planta é o momento da sua inflorescência.

É um verdadeiro espetáculo o período de inflorescência, onde as flores tubulares crescem dando um aspecto perfeito, graças a sua densidade e o quanto são altas. Sem falar que são muitas flores, que aparecem “presas” a hastes fortes e também compridas.

Outra parte bela da inflorescência da tritonia é o colorido das flores, que se apresentam em um degradê perfeito. E se não bastassem tanta beleza, dá para observar que as flores crescem de baixo para cima e com isso vai se criando um efeito de cores particularmente belo.

As flores que são mais coloridos, que tem a cor mais forte ficam na parte de cima e as demais vão clareando de acordo com a proximidade da base. Até chegar embaixo bem clarinha.

As cores das flores são de quentes como vermelho, laranja, amarelo ou creme. O porte dessas flores e a variedade no colorido se dá de acordo coma época da florescência, que se dá entre a primavera e o verão.

Elas atraem os beija-flores e normalmente, no paisagismo são usadas tanto em plantações em grupos ou também no plantio isolado. Com elas são formados maciços ou bordaduras, por exemplo.

CULTIVO DA TRITOMA

As características ideias para se fazer o cultivo da tritonia são:

* O cultivo da planta deve ser feito durante o sol pleno ou também pode ser cultivada a meia sombra.

* O solo para receber a tritonia tocha deve ser leve e muito fértil. \n \n* Ainda falando do solo, primeiramente ele deverá ser enriquecido com matéria orgânica.

* As regas devem ser feitas todos os dias de manhã cedo ou no fim da tarde durante o verão.

* Vale lembrar que as regas deverão ser feitas com menos frequência durante o frio e que a tritonia suporta tanto geadas quanto o frio.

* E o principal, para multiplicar uma tritoma poderá ser usado dois métodos: as sementes ou também através da divisão a touceira.

*  A tritoma não suporta solos arenosos e com pouco nutrientes, além daqueles encharcados.

PREPARAÇÃO DO CANTEIRO PARA CULTIVAR A TRITOMA

* A terra deverá ser revolvida várias vezes para que isso permita a entrada de ar e depois dessa etapa é necessário enriquecê-la com adubos orgânicos, de preferência animal e também um pouco de areia no fundo para ajudar no escoamento da água.

* É aconselhável colocar composto orgânico bem particulado.

* Considere a seguinte quantidade para cada metro quadrado de adubo: deve ser bem curtido de gado, 1 kg. A mesma quantidade também pode ser substituída por aquele de aves. Depois misture bem com a terra e nivele.

* Se você comprou uma muda, provavelmente ela estará dentro de um saco plástico ou dentro de um balde, e em ambos os casos, com os rizomas. Neste caso, considere 8 cm como a profundidade necessária para plantá-la.

* As mudas deverão ser retiradas do lugar em que foram compradas fazendo um corte com o podão. É muito importante que os rizomas saiam perfeitos para o cultivo. Depois é só abrir a cova e usando as mãos colocá-la e ir arrumando a terra. Aperte ao redor, mas não com muita força.

* A rega depois do cultivo deve ser feita todos os dias até completar 10. Passado esse período deverão acontecer com intervalo de 2 a 3 dias. Observe se a terra está precisando de água. \n \n* Fique atento ao espaço necessário entre as  mudas que deve ser de pelo menos 0,70 cm até 1,20 cm. As fileiras devem ser feitas de forma desencontrada.

REPRODUÇÃO OU PROPAGAÇÃO DA TRITOMA

* A técnica usada para propagar o tritoma é das touceiras e deve ser feito depois que passar o período de florescência.

* Abra em torno da muda para ficar aparente os rizomas.

* A faca que será usada para fazer a limpeza deve ser afiada e esterilizada para não ferir o caule e não deixar a planta doente.

* A vantagem é que o tritoma não apresenta problemas com doenças tão cedo. Passam anos e ele está sempre saudável.

* Na primavera é necessário adubar e o ideal é que seja feita uma mistura de adubo animal com orgânico. Proporção: 4 por 1. Coloque em volta da planta e depois regue.

FONTE: blog PlantaSonya.

Crie sua loja online com a Confere Logo